Que bom que você veio!!


Que bom que você veio!!
Quero escrever textos que nos ajudem a entender um pouco mais daquilo que Deus tem para nós, para falarmos uma mesma linguagem. Não tenho o objetivo de ser profundo, nem teológico, nem filosófico, nada disso. Quero dizer coisas simples que pululam em minha mente, sempre atento para não contradizer em nada a minha fé, ou o que creio ser a vontade de Deus.
No mês de Agosto/12 há um texto que explica o significado e o porquê do nome Xibolete.

4 de abr de 2015

O Brasil tem jeito!

"Até quando, Senhor, clamarei por socorro, sem que tu ouças? Até quando gritarei a ti: "Violência!" sem que tragas salvação? Porque me fazes ver a injustiça, e contemplar a maldade? A destruição e a violência estão diante de mim; há luta e conflito por todo lado. Por isso a lei enfraquece e a justiça nunca prevalece. Os ímpios prejudicam os justos e assim a justiça é pervertida" (Hc 1:2,4). Esta é uma oração feita por volta de 605 a.C. que bem poderia ter sido feita hoje, no Brasil.

Quando olhamos ao nosso redor não acreditamos que um país como o nosso não esteja entre os países mais ricos do mundo. "O Brasil não é um país sério", disse Carlos Alves de Souza, embaixador brasileiro na França. Se fosse, não viveria nessa bandalheira politiquenta que vivemos, onde a 
impunidade vigora desde os antros de politiqueiros em Brasília até os confins da bandidagem menor em nossas mais diferentes cidades, sejam grandes ou pequenas. Nossa mídia, que deveria ter um caráter formador, está tão longe disso quanto a lua da terra. Leva diariamente mensagens que fazem nossa juventude mais e mais banalizar a moral e se perder completamente. Depois nos noticiários vemos as caras de espanto dos repórteres com as brutalidades que registram.

A cara de pau de todos aqueles santos que sempre dizem "Não sei de nada disso", ou "Isso é perseguição política", quando as imagens mostram que são corruptos mesmos, não nos dá esperanças de dias melhores. Quantias vultosas são usurpadas do tesouro brasileiro, enquanto o povo sofre em filas nos hospitais decrépitos que vemos em todo lugar. Crianças sofrem em escolas ridiculamente entregues ao desmazelo total. Cadeias cheias de pessoas que deveriam ser regeneradas, mas com o tratamento desumano que recebem, saem de lá ainda mais marginais que antes.

Tenho conhecidos que querem ir embora para outros países. Sinceramente, não acho que isso é o melhor. Vejo isso como um suicídio: o cara acha que não tem mais jeito e foge. Sei que não é fácil acreditar, mas na realidade precisamos crer que o melhor de Deus ainda está por vir. Outra oração de Habacuque bem que poderia ser a nossa: "Teus olhos são tão puros que não suportam ver o mal; não podes tolerar a maldade. Então, por que toleras os perversos? Por que ficas calado enquanto os ímpios devoram o que são mais justos que eles?" (Hc 1:13).

Com certeza você já questionou isso com Deus. Eu também. Não entendemos bem como isso acontece. Temos olhos só para o aqui e agora, e queremos que justiça seja feita logo. Até usamos aquele velho ditado que diz: "A justiça tarda mas não falha", mas no fundo não acreditamos nisso, nem queremos isso. Queremos que a justiça não falhe, mas também queremos que ela seja já. No futuro tudo pode mudar. Talvez sejamos como Jonas, que ficou muito aborrecido com Deus, quando viu que ele se arrependeu de destruir Nínive, quando aquele povo se arrependeu dos seus pecados. Jonas ficou muito irritado e sentou na sombra de uma arvore e murmurou.

Eu não farei isso. Nós não podemos repetir o exemplo de Jonas. Precisamos de exemplos mais fortes, mais vigorosos, e ninguém melhor do que o próprio Habacuque que vê dias cruéis pela frente e diz: "Mesmo não florescendo a figueira, e não havendo uvas nas videiras, mesmo falhando a safra de azeitonas, não havendo produção de alimentos nas lavouras, nem ovelhas no curral, nem bois nos estábulos, ainda assim eu exultarei no Senhor e me alegrarei no Deus da minha salvação" (Hc 3:17,18).

Que segurança, confiança determinada, paixão e certeza do poder daquele em quem confia. É isso que precisamos hoje. Crentes que como ele não se deixem abater pelas incertezas de um futuro digno, e creiam que o melhor de Deus ainda está por vir, e busquem isso a todo instante.

No Brasil falta água, segurança, saúde, moralidade, civilidade, respeito e tantas outras coisas, mas não faltam crentes que podem dobrar os joelhos e clamarem por nossa nação crendo na promessa de Deus que diz: "Se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar e orar, buscar a minha face e se afastar dos seus maus caminhos, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra" (II Cr 7:14).

O Brasil tem jeito sim! E o jeito passa por joelhos calejados.