Que bom que você veio!!


Que bom que você veio!!
Quero escrever textos que nos ajudem a entender um pouco mais daquilo que Deus tem para nós, para falarmos uma mesma linguagem. Não tenho o objetivo de ser profundo, nem teológico, nem filosófico, nada disso. Quero dizer coisas simples que pululam em minha mente, sempre atento para não contradizer em nada a minha fé, ou o que creio ser a vontade de Deus.
No mês de Agosto/12 há um texto que explica o significado e o porquê do nome Xibolete.

6 de mai de 2017

Sou da igreja

Sou membro de uma igreja bem grande. Lá existem alguns membros que fazem parte do famoso "mundo gospel" do país. Sempre que alguém me pergunta de qual igreja eu sou, quando dou resposta, normalmente ouço: "Ah, você é da igreja do fulano de tal?", eu respondo prontamente que não, que sou da igreja de Cristo. 

Esta virando moda estes famosos abrirem suas próprias igrejas e levarem um grande grupo de idólatras para lá. Quase sempre em bairros de clientes com grande poder econômico. E ai surgem os das igrejas de fulano e sicrano. Vivíamos criticando os católicos por idolatria, mas hoje temos mais idolatria em nosso meio do que lá. Um amigo me falou que é de uma igreja dessas e que é muito legal, porque não tem cobranças como as outras, não tem fofoqueiros de plantão, e que pode viver e fazer o que der na telha. Basta ir aos domingos e tá bom demais. Ah, e dar o dizimo, claro. 

Hoje as igrejas estão tão diversificadas que é possível encontrar a igreja que mais se adapta ao seu perfil. Talvez por esse motivo já existe o movimento dos desigrejados. Alguns estão tão desiludidos com as igrejas para todos os gostos que resolveram viver sem elas. Particularmente não gosto dessa ideia. Ainda sou daqueles que gostam da igreja. Mesmo, e apesar, dos problemas que rolam dentro dela, ainda gosto da convivência dos pecadores, como eu, que se reúnem em um ambiente que nos dá uma energia gostosa pela comunhão e expressões de amor que acontecem ali. 

Não sou cego e vejo coisas na igreja que me aborrecem, as vezes, mas não posso deixar que essas "coisas" me impeçam de receber as bênçãos do relacionamento com Deus e com outros irmãos. Seria burrice. Não posso entender uma parte que se diz do corpo viver longe do corpo. A nutrição não chegaria e fatalmente morreria. Por isso, frequento uma igreja e gosto muito disso, mas eu não sou da igreja tal, ou de fulano e sicrano. Sou de Jesus. Sou da igreja universal, do corpo de Cristo, espalhado sobre a terra para testemunhar do seu amor. 

Frequento uma igreja local que me agrada, pois segue uma doutrina bíblica correta, dentro do meu entender. Não estou lá só porque ela me agrada e diz tudo que acaricia meus ouvidos e meu ego, ou porque me dá status, mas porque, além de me agradar com suas doutrinas respaldadas na Palavra de Deus, me corrige, me confronta, me conforta e me ajuda a crescer. Estou lá porque encontro pessoas com o mesmo desejo que eu, servir a Cristo do jeito que ele quer, e que, apesar dos meus defeitos, me amparam, me confortam, me amam e contam com a minha reciprocidade. Não consigo pensar diferente.

O autor sagrado exorta na carta aos Hebreus para que "Consideremos-nos também uns aos outros, para nos estimularmos ao amor e às boas obras. Não deixemos de congregar, como é costume de alguns..." (Hb 10:24,25). É na igreja de Jesus que encontro isso. Estimulo ao exercício do amor, e confesso que, as vezes, esse exercício é muito difícil, pois a vontade de apertar alguns pescoços é enorme. Mas é assim que o amor é exercitado de maneira mais eficiente. Sem esses a pratica do amor seria muito chata. Então, graças a Deus por esses irmãos, que eles continuem na igreja para nosso aprimoramento e, quem sabe, transformação deles. Provavelmente eles pensem o mesmo a meu respeito. 

Sim, sou da igreja. Da igreja de Jesus. E dela não quero sair nunca. Da igreja local, quem sabe? Essa é a quinta nos meus quase sessenta anos. Todas da mesma denominação. Mas, sempre por motivos de adequação ao meu cotidiano. 

Dizem que se conselho fosse bom, não seria gratuito, mas digo a você, não vá para a igreja por causa de um famoso qualquer, seja ele um cantor ou cantora, um pastor ou pastora, ou mesmo um famoso da mídia ou qualquer outra coisa. Vá para a igreja que o coloque de corpo e alma na igreja de Jesus. Vá por causa de Jesus, para não correr o riso de ouvir: "Em verdade vos digo que não vos conheço" (Mt 25:12). Não vale a pena correr este risco.