Que bom que você veio!!


Que bom que você veio!!
Quero escrever textos que nos ajudem a entender um pouco mais daquilo que Deus tem para nós, para falarmos uma mesma linguagem. Não tenho o objetivo de ser profundo, nem teológico, nem filosófico, nada disso. Quero dizer coisas simples que pululam em minha mente, sempre atento para não contradizer em nada a minha fé, ou o que creio ser a vontade de Deus.
No mês de Agosto/12 há um texto que explica o significado e o porquê do nome Xibolete.

3 de set de 2013

Brincando com o perigo.

No texto “Duas Frases” que postei em 07/07/12, falei sobre duas frases que, segundo o lutador Anderson Silva, faziam parte dos ensinamentos de Bruce Lee que ele seguia. A primeira frase diz que o lutador deve “ser como a água, moldável ao corpo do oponente” e a segunda era que ele via “a arte marcial como uma arte de defesa e não de ataque”. Boas frases, que parecem ter sido esquecidas por ele na luta passada.

Talvez ele tenha assistido algumas comédias em pé, ou quem sabe alguns filmes musicais e adaptado novos ensinamentos à sua luta. Mais parecia um comediante ou um dançarino do que um lutador. Creio que, por ser campeão durante muito tempo, cria que a qualquer momento daria um golpe fatal e o inimigo cairia mais uma vez, como já acontecera tantas outras vezes. Brincou, brincou e, depois, brincou de contar estrelinhas esparramado no chão.

Um oponente anterior, numa entrevista, disse que há um certo ar de superioridade e arrogância nas atitudes de Anderson, e o que vimos no ringue nesta ultima luta nos faz acreditar que é verdade. Toda aquela atitude, antes de ser uma motivação para irritar e desestabilizar o oponente, mais me parece desrespeito e desdém, o que mostra que ele ou não aprendeu nada com Bruce Lee, ou esqueceu-se do que aprendeu.

Um ditado antigo diz que quem brinca com fogo se queima, e é uma verdade. Brincar com coisas perigosas não é muito saudável. Brincar com velocidade é uma coisa perigosa, e por isso vemos tantas tragédias nas estradas. Brincar com armas é perigoso, e de vez em quando vemos famílias sofrendo por que uma criança encontrou uma arma onde não devia.

Com o cristão acontece do mesmo jeito. Muitos porque “nasceram na igreja” acham que estão livres da queda. Outros porque fizeram uma série de aulas na igreja, em seminários, ou seja lá onde for, creem que são intocáveis. Esses que se acham com o diploma na mão, acreditam que suportarão toda e qualquer tentação, e nunca cairão. Então começam a brincar com o perigo sem se dar conta do grande risco que correm.

Paulo, em sua carta aos coríntios, faz um alerta que bem serve para quem pensa assim: “Portanto, aquele que pensa que está de pé é melhor ter cuidado para não cair” (I Co 10:12). Pela muita vivência no cristianismo, por estarem enfiados numa igreja todos os dias, por que cantam de braços estendido para o alto, porque oram em voz muito alta e recitam textos e mais textos bíblicos na sua oração, porque dão grandes ofertas, ou tantos outros rituais diários que praticam, acreditam que estão imunes. Então, como o Anderson Silva, menosprezam o adversário e começam a brincar com ele, achando que vai ser fácil derrota-lo a qualquer momento. Baixam a guarda crendo que são suficientemente fortes e rápidos para o ataque finalizador contra o adversário.

Na mesma carta Paulo ensina que Deus “não deixará que vocês sofram tentações que vocês não têm forças para suportar. Quando uma tentação vier, Deus dará forças a vocês para suportá-la, e assim vocês poderão sair dela” (I Co 10:13). Então não somos, NUNCA, fortes o suficiente para vencermos nosso adversário, se não for por Deus. Não é por sabedoria, por sua formação religiosa, pelos muitos rituais praticados, mas, como Paulo fala aos romanos, “em todas essas situações temos a vitória completa por meio daquele que nos amou” (Rm 8:37).

Não fique brincando com o perigo. Agarre-se a Deus o quanto puderes para, ai sim, ser um vencedor.

2 comentários:

  1. Sou fã desse cara! Esperando o livo!

    ResponderExcluir
  2. É isso mesmo meu amigo e pastor! O caminho que leva à Vida é estreito, tão estreito que parece uma "corda bamba". Ao mesmo tempo é tão sólido como uma rocha... atenção sempre! confiança Nele também! Deus nos livre de nós mesmos!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, pois é sempre bom saber o que você pensa.