Que bom que você veio!!


Que bom que você veio!!
Quero escrever textos que nos ajudem a entender um pouco mais daquilo que Deus tem para nós, para falarmos uma mesma linguagem. Não tenho o objetivo de ser profundo, nem teológico, nem filosófico, nada disso. Quero dizer coisas simples que pululam em minha mente, sempre atento para não contradizer em nada a minha fé, ou o que creio ser a vontade de Deus.
No mês de Agosto/12 há um texto que explica o significado e o porquê do nome Xibolete.

4 de jan de 2017

Promessas

No dia 31 de janeiro de 2017 completarei 30 anos de casado com Ana. Posso dizer que com certeza temos um casamento feliz. Nestes tantos anos muitas coisas aconteceram. Não foram anos de tranquilidade sempre. Como em todo bom relacionamento, vários foram os instantes de desencontros. Mas, de alguma maneira, passamos por todos eles e saímos fortalecidos. Quando penso em tudo isso, recordo-me daquele 31 de janeiro 1987, quando prometemos um para o outro que nos amaríamos na tristeza e na alegria, na doença e na saúde, enfim, em todas e quaisquer circunstancias que surgissem.

No decorrer deste ano, 2016, isto ficou bem claro para mim. Em junho passei por uma cirurgia para retirada de um tumor maligno na parótida. Dai vieram 33 aplicações de radioterapia. Todo os dias as 22:30 tínhamos que ir para Botafogo. Alguns dias saiamos de lá quase meia noite. Em todos esses processos Ana esteve comigo lado a lado. Alguns dias percebia que ela estava cansada, pois além disso, tinha que trabalhar e ainda estava envolvida em algumas atividades na igreja. Não seria Ana se não fosse assim. Ela é intensa em tudo que faz, e quase sempre esta fazendo muitas coisas.

As vezes, penso que não fiz nada que merecesse essa mulher que Deus me deu. Nesses momentos, ele me diz que sorte a minha que não é por merecimento. Que bom, pois, senão, eu estaria perdido. 

Mas, tudo isso foi dito por um motivo. Estamos no inicio do ano. E como sempre, nestes dias somos levados pela pressão coletiva a fazer uma serie de promessas para o ano novo. Nos nossos cultos de virada de ano, normalmente fazemos um quantidade de promessas diante de Deus que quase sabemos que não vamos cumpri-las. O sábio autor do livro de Eclesiastes alerta: "Quando você fizer uma promessa a Deus, cumpra logo essa promessa. Ele não gosta de tolos; portanto, faça o que prometeu. É melhor não prometer nada do que fazer uma promessa e não cumprir" (Ec 5:5).

Então, neste novo ano que se inicia, cuidado com as suas promessas, principalmente se feitas diante de Deus. Pense bem antes de fazê-las. E, se você é casado, e se casou diante de Deus, lembre-se das suas promessas no altar. Reflita bem e veja se você esta sendo fiel cumpridor delas. Para Deus, o casamento continua sendo eterno.

Minha oração é que, neste ano, você seja um "pagador de promessas". Para que o seu novo ano seja inesquecível. E que o seu casamento dure até que a morte os separem, e que sejam felizes, sempre.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, pois é sempre bom saber o que você pensa.