Que bom que você veio!!


Que bom que você veio!!
Quero escrever textos que nos ajudem a entender um pouco mais daquilo que Deus tem para nós, para falarmos uma mesma linguagem. Não tenho o objetivo de ser profundo, nem teológico, nem filosófico, nada disso. Quero dizer coisas simples que pululam em minha mente, sempre atento para não contradizer em nada a minha fé, ou o que creio ser a vontade de Deus.
No mês de Agosto/12 há um texto que explica o significado e o porquê do nome Xibolete.

1 de jun de 2013

O melhor lugar do mundo.

Grumari / RJ - Foto panorâmica de Marcos Estrela

Eu amo lugares tranquilos. Durante muitos anos meu sonho de consumo foi o mesmo do cantor e compositor Peninha:
“Eu queria ter na vida simplesmente Um lugar de mato verde Pra plantar e pra colher. Ter uma casinha branca de varanda, Um quintal e uma janela Para ver o sol nascer.” 
Depois do casamento, por causa da paixão da Ana por praia, acrescentei um lugar próximo ao mar. Com a chegada das filhas, e agora genro e neta, a casinha aumentou.

Para mim esse seria o lugar ideal para terminar os meus dias. Muito verde ao redor, acordar com pássaros cantando, frutas nas árvores, uma hortinha bem ajeitadinha com hortaliças e alguns legumes, bons livros, boas músicas, muita paz, uma praiazinha gostosa para caminhar de mãos dadas com minha linda esposa, água de coco, e outras coisas mais. Para mim esse seria “o” lugar. O meu Éden. O paraíso.

Sempre sonhei em passar a minha lua de mel no Havaí. Era um sonho acalentado pelos filmes da “Sessão da Tarde” com Elvis Presley. Depois descobri que Ana tinha o mesmo sonho. E eu ficava imaginando nós dois no Havaí; Ana com aqueles trajes típicos dançando hula comigo. Seria um sonho!!!! Com um pequeno esforço conseguimos pelo menos rimar: fomos para Guarapari. Não sei se um dia iremos ao Havaí, mas ainda sonhamos. É um lugar que eu gostaria muito de ir com a Ana.

Estes são lugares que para mim seriam os melhores lugares do mundo. Eu sei que para muitos podem parecer pobres esses sonhos, mas são meus sonhos e, então, por favor, me deixe ser pobre. Talvez seu sonho seja morar no Leblon, o metro quadrado mais caro do Rio; ou num daqueles condomínios dos Jardins, em São Paulo, os mais luxuosos e mais caros de lá; ou, quem sabe, viver num daqueles hotéis majestosos de Dubai; ou, quem sabe ainda, em Telluride (EUA) próximo a Aspen, ou Gstaad (Suiça); ou num dos resorts de Wakaya (Ilhas Fiji) onde você pode cruzar a qualquer momento com Nicole Kidman ou, se preferir, com Keith Richards. Eu prefiro a Nicole. De uma coisa eu tenho certeza, por mais bonita que seja a vista da comunidade do Vidigal (RJ), honestamente, não creio que alguém realmente sonhe em morar lá.

Mas, por mais lindos e paradisíacos que sejam estes lugares, ainda existe um lugar que suplanta todos eles em beleza, paz, felicidade e em todo e qualquer sentimento ou sensação que cause prazer. E isso foi percebido pelos autores da música que dá o título a este texto, Lineu Soares e Valdecir Lima. Em sua sensibilidade musical e, com toda certeza, espiritual eles escreveram: 
Mas de todos os lugares, O mais bonito e inspirador É onde fico em oração Junto aos pés do Salvador.”
 Acertaram na mosca (que maldade com o inseto). Não há no mundo lugar algum que seja melhor do que estar aos pés de Cristo. É uma emoção que não se pode fotografar e colocar em calendários, como se fosse uma bela paisagem. Não é possível explicar como é a sensação para quem nunca foi àquele lugar poder sentir. Não dá. Só provando. Só quem vive essa sensação conhece e não consegue explicar corretamente. É como alguns convites de festa: individual e intransferível. Só você pode usufruir.

Aos pés de Cristo é o lugar de receber perdão como nos mostra Lucas: “E eis que uma mulher pecadora que havia na cidade, quando soube que ele estava à mesa em casa do fariseu, trouxe um vaso de alabastro com bálsamo; e estando por detrás, aos seus pés, chorando, começou a regar-lhe os pés com lágrimas e os enxugava com os cabelos da sua cabeça; e beijava-lhe os pés e ungia-os com o bálsamo” (Lc 7:37,38). Esta mulher chamada de pecadora encontra o melhor lugar do mundo e ouve de Cristo: “Perdoados lhe são os pecados, que são muitos” (Lc 7:47).

Aos pés de Cristo o endemoniado gadareno encontrou descanso: “Saíram, pois, a ver o que tinha acontecido, e foram ter com Jesus, a cujos pés acharam sentado, vestido e em perfeito juízo, o homem de quem havia saído os demônios” (Lc 8:35). Este pobre homem que sofrera durante tanto tempo com as maldades que o Diabo lhe impusera agora estava calmo, sereno e tranquilo, sentado aos pés de Cristo onde encontrara o descanso para sua vida.

Aos pés de Cristo encontramos alívio para nossas aflições: “Certa mulher, cuja filha estava possessa de um espírito imundo, ouvindo falar dele, veio e prostrou-se-lhe aos pés; e rogava-lhe que expulsasse de sua filha o demônio. Então ele lhe disse: Por essa palavra, vai; o demônio já saiu de tua filha. E, voltando ela para casa, achou a menina deitada sobre a cama, e que o demônio já havia saído” (Mc 7:25,26,29,30). Aquela mãe deve ter saltado de alegria ao ver sua filha livre de perturbação.

Aos pés de Cristo adquirimos sabedoria: “Caminhando Jesus e os seus discípulos, chegaram a um povoado, onde certa mulher chamada Marta o recebeu em sua casa. Maria, sua irmã, ficou sentada aos pés do Senhor, ouvindo a sua palavra” (Lc:10:38,39). Marta queria que sua casa parecesse um bom lugar e preocupou-se em arrumar, limpar, cozinhar. Maria encontrou o melhor lugar do mundo e aproveitou a oportunidade para aprender mais. Deu prioridade ao que é prioridade.

Aos pés de Cristo muita gente encontrou cura: “Uma grande multidão dirigiu-se a ele, levando-lhe os mancos, os aleijados, os cegos, os mudos e muitos outros, e os colocaram aos seus pés; e ele os curou” (Mt 15:30). A ninguém o Mestre decepcionou.

Assim, percebemos que não é o espaço geográfico onde você está que irá definir qual é o melhor lugar do mundo. A inspiradíssima poesia de Lineu Soares e Valdecir Lima nos diz que
“Ao sentir a paz de Deus Seu poder e amor profundo, Eu posso estar onde for, Estou feliz por me encontrar No melhor lugar do mundo.”
Então, seja numa casinha branca com janelas, seja num luxuoso hotel em Dubai, seja numa palafita em uma comunidade bem pobre, é possível estar no melhor do mundo. Nosso sentimento deve ser o mesmo de Simão Pedro quando disse: “Senhor, para quem iremos? Tu tens as palavras de vida eterna. Nós cremos e sabemos que és o Santo de Deus” (Jo 6: 68).


O melhor lugar do mundo é onde a presença de Jesus se faz sentir de maneira que quase da para tocar com as mãos. É onde devemos querer ficar. E esse lugar só você pode encontrar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, pois é sempre bom saber o que você pensa.