Que bom que você veio!!


Que bom que você veio!!
Quero escrever textos que nos ajudem a entender um pouco mais daquilo que Deus tem para nós, para falarmos uma mesma linguagem. Não tenho o objetivo de ser profundo, nem teológico, nem filosófico, nada disso. Quero dizer coisas simples que pululam em minha mente, sempre atento para não contradizer em nada a minha fé, ou o que creio ser a vontade de Deus.
No mês de Agosto/12 há um texto que explica o significado e o porquê do nome Xibolete.

2 de jun de 2016

Espelho, espelho meu!

Noventa por cento das vezes que me olho no espelho ou é para pentear o cabelo, ou é para barbear. Contemplar minha imagem no espelho tem se tornado um problema. Ainda que me ache cada vez mais bonito, ao mesmo tempo vejo que não tem mais jeito, aos poucos, a idade vem trazendo suas marcas. É complicado quando olhamos para o espelho e achamos que aquela pessoa que está ali não somos nós. Ainda bem que é verdadeiro quando Tiago diz que o homem se olha num espelho e, "depois de olhar para si mesmo, sai e logo esquece a sua aparência" (Tg 1:24).

O espelho normal não mente. Existem aqueles que distorcem a imagem, mas estou falando daquele que temos em casa, que as mulheres não sobrevivem sem eles. Eles refletem aquilo que somos realmente.

Fico pensando que Deus deve se sentir como eu, muitas vezes, quando olha seus espelhos, que somos nós, principalmente os que somos chamados cristãos. Deus já sabe que o não cristão é uma imagem sua distorcida pelo pecado, mas nós, que somos chamados cristãos, que deveríamos refletir a imagem dele e estamos muito distante disso, provavelmente o temos entristecido muito.

Na carta que o apostolo Paulo escreveu aos romanos ele pinta um quando tenebroso da humanidade que rejeita Deus (Rm 1:18-32), e inclui aqueles que não fazem as mesmas coisas mas são coniventes, apoiam, ou pelo menos não lutam contra. Mas, infelizmente, quando olhamos para os chamados cristãos que conhecemos, vemos algumas das matizes pintadas por Paulo tão nítidas que nos preocupamos. Quase não raro ouvimos alguém que diz: "Fulano é crente? Nem parece".

Na carta aos coríntios ele fala que "por todos os lados se ouve que há imoralidade entre vocês, imoralidade que não ocorre nem entre os pagãos" (1Co 5:1). Na mesma carta ele avisa que os cristãos não deviam se relacionar com os imorais, não os de fora, mas de dentro da própria igreja, que seriam pessoas avarentas, idólatras, caluniadores, alcoólatras ou ladrões, e que nem mesmo deveriam comer junto com esses tais (1Co 5:9-11). Essa é uma imagem ruim para aqueles que deveriam retratar a semelhança com Deus.

Esses quadros pintados com palavras por Paulo, que retratam igrejas do Novo Testamento, são pinturinhas de crianças perto de algumas que vivemos na modernidade. Sei que tudo isso era esperado por Jesus, pois ele disse que na sua volta iria separar o joio do trigo: "Então direi aos encarregados da colheita: Juntem primeiro joio e amarrem-no em feixes para serem queimados; depois juntem o trigo e guardem-no no meu celeiro" (Mt 13:30). Mais adiante, quando explica a parábola, ele avisa que "o joio são os filhos do Maligno, e o inimigo que o semeia é o Diabo" (Mt 13:38,39). Eles estarão juntos, dentro da igreja.

Seria bom atentar para o que revela o autor da carta aos hebreus: "Se continuarmos a pecar deliberadamente depois que recebemos o conhecimento da verdade, já não resta sacrifício pelos pecados, mas tão-somente uma terrível expectativa de juízo e de fogo intenso que consumirá os inimigos de Deus" (Hb 10:26,27).

A música "De Deus não se zomba" da banda Fruto Sagrado diz que "Nos tornamos hedonista, materialistas, cínicos, geradores de morte, fome, atraso e injustiça! Progenitores de fanatismos doentes e letais! Essa é a nossa humanidade! Essa é a nossa civilização! Parece não haver limites para a irracionalidade humana! E com certeza não há limites para a justiça de Deus". Esse é um retrato bem fiel do ser humano que já não parece ser tão humano, mas lembra que a justiça divina será feita.

Imagine Deus diante de você fazendo a pergunta: "Espelho, espelho meu. Quem, dizes tu, sou eu?". Que resposta ele teria? Teria ele uma imagem limpa, perfeita do seu reflexo, ou uma imagem retorcida, completamente corrompida por uma vida desleixada com os mandamentos divinos? Isso é muito sério.

Minha oração, e meu desejo, é que "O Deus da paz, que pelo sangue da aliança eterna trouxe de volta dentre os mortos o nosso Senhor Jesus, o grande Pastor das ovelhas, os aperfeiçoe em todo o bem para fazerem a vontade dele, e opere em nós o que lhe é agradável, mediante Jesus Cristo, a quem seja a glória para rodo o sempre. Amém" (Hb 13:20,21).


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, pois é sempre bom saber o que você pensa.