Que bom que você veio!!


Que bom que você veio!!
Quero escrever textos que nos ajudem a entender um pouco mais daquilo que Deus tem para nós, para falarmos uma mesma linguagem. Não tenho o objetivo de ser profundo, nem teológico, nem filosófico, nada disso. Quero dizer coisas simples que pululam em minha mente, sempre atento para não contradizer em nada a minha fé, ou o que creio ser a vontade de Deus.
No mês de Agosto/12 há um texto que explica o significado e o porquê do nome Xibolete.

7 de jul de 2012

Duas frases.


Li uma entrevista do lutador Anderson Silva, numa revista, e duas frases dele me chamaram a atenção. Segundo ele, eram ensinamentos de Bruce Lee.

A primeira frase diz que o lutador deve “ser como a água, moldável ao corpo do oponente”. Esta frase pode ser importante para o nosso dia a dia. Para nós, cristãos, ela pode ser fundamental. Não diria que precisamos tomar a forma do nosso oponente, o Diabo, mas creio que o mesmo ensino pode ser utilizado quando o apóstolo Paulo nos avisa: “E não vos conformeis a este mundo” (Rm 12:2).

Muitos cristãos estão por ai, como a água, tomando a forma do mundo.

Houve um tempo, e isso não é nenhum ataque de saudosismo, em que era possível diferenciar, em um grupo, quem era ou não um cristão. Hoje já não vemos muita diferença. Nem mesmo os assembleianos, que tinham uma marca que os destacava muito em um ambiente, são mais assim. Em busca da modernidade, estamos nos adaptando ao mundanismo que tem invadido nossos templos, e temos vivido a era do “não tem nada de mais”. Ao invés de modernizar a forma de pregar o evangelho, estamos modernizando os princípios do evangelho. Temos, como a água, tomado a forma do mundo para ganhar o mundo, mas na realidade estamos sendo tomados pelo mundo. Temos fechado os olhos para o alerta de Paulo.

Fico imaginando se o apóstolo Paulo, vivendo em nossos dias da mesma forma como temos vivido, teria a cara de pau de dizer: “Sede meus imitadores, como também eu o sou de Cristo” (I Co 11:1).

Isto ao mesmo tempo me envergonha e me mostra o quanto temos que melhorar.

Pensando no principio de assumir a forma como a água, vejo que precisamos tomar a cada dia a forma de Cristo. Conhecê-lo profundamente para sermos cada vez mais parecido com ele. Vivenciarmos mais e mais a sua presença em nossa vida, e aprofundarmos a intimidade para assumirmos completamente a sua forma e, finalmente, voltarmos à imagem e semelhança dele; ter a sua mente; amar como Ele amou; perdoar como Ele perdoou; viver como Ele viveu e como gostaria que vivêssemos.

Vivendo essa intimidade com Cristo, o Espírito Santo teria liberdade total para agir em nossa vida e, então, estaríamos vivendo o que Paulo nos ensina, em sua carta aos efésios: ”Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para poderdes permanecer firmes contra as ciladas do Diabo” (Ef 6:10,11). Esta armadura é a nossa arma de defesa, não de ataque. Creio que o que nos tem faltado é justamente nos apropriarmos deste meio de defesa. Estamos muito motivados a atacar, mas sem a proteção adequada, sem a defesa bem preparada, sofreremos bem mais. As dores serão muito grandes.

Somente o viver diário na presença de Deus, a busca constante de intimidade com Cristo e liberdade para a ação plena do Espírito Santo, conquistados através da leitura diária da Palavra, da constante oração, da comunhão com outros irmãos, do exercício da fé, nos revestirá da armadura própria para nos defender dos ataques do Diabo.

Aqui entra a segunda frase de Anderson Silva: “Vejo a arte marcial como uma arte de defesa e não de ataque”. A vida cristã levada a sério é muito mais uma defesa do que um meio de ataque. A prática correta do cristianismo nos dá ferramentas para nos fortalecer e nos proteger dos ataques diários.

O lutador que não sabe se defender, que só ataca, corre risco sério de perder sua luta vergonhosamente. O cristão que não se previne adquirindo sua defesa, sua armadura, corre sério risco de ser finalizado sem nenhuma chance de revanche.

2 comentários:

  1. Oiii Ulicio, amei passar por aqui e ser edificada!
    Gosto de pessoas que pensam sobre o modo que temos vivido a vida cristã. Mais que isso, se posicionado a andar na contramão!

    Abraço, te seguindo! :)

    ResponderExcluir
  2. Pr Ulicio vivemos momentos em que Deus esta buscando seu povo a relacionar-se com Ele de forma real e pessoal, ele está nos moldando como um oleiro que faz um vaso ou um copo, porém, não nos deixamos ser usado por Deus Conforme Ele deseja. Obrigada por me fazer refletir

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, pois é sempre bom saber o que você pensa.