Que bom que você veio!!


Que bom que você veio!!
Quero escrever textos que nos ajudem a entender um pouco mais daquilo que Deus tem para nós, para falarmos uma mesma linguagem. Não tenho o objetivo de ser profundo, nem teológico, nem filosófico, nada disso. Quero dizer coisas simples que pululam em minha mente, sempre atento para não contradizer em nada a minha fé, ou o que creio ser a vontade de Deus.
No mês de Agosto/12 há um texto que explica o significado e o porquê do nome Xibolete.

29 de nov de 2012

Escolhas


Sempre ensinamos para nossas filhas que a vida é feita de escolhas. Cada passo que damos representa uma escolha feita por nós. Mesmo não dar o passo é uma escolha. Esta também pode ser uma boa ou má escolha. Mas sempre há uma escolha.

Também sempre ensinamos para elas que toda escolha tem sua consequência. Se escolher não estudar, as notas provavelmente não serão boas. Se escolher desobedecer, alguma correção acontecerá.  Se escolher enfiar o dedo na tomada, levará um choque. Se escolher brincar com fogo, há o risco de se queimar. Enfim, sempre que houver uma escolha ela terá uma consequência que poderá ser boa ou ruim.

Sempre ensinamos para elas que escolher Deus é SEMPRE a melhor escolha.

A Bíblia nos conta a história de dois homens, um rico e um pobre, que quando morrem são encontrados em lugares diferentes. Lázaro, o pobre, no céu. O rico, que não tem nem seu nome citado, no inferno (Lc 16:19 a 31). Provavelmente este vivia acreditando que o seu vasto patrimônio lhe garantiria tudo, e não ligava a mínima para Deus. Escolheu confiar em seu poderio financeiro, crendo que com ele conseguiria qualquer coisa que fosse necessário. Até mesmo a salvação.

Esta parábola contada por Cristo, nos mostra que Deus não está preocupado com o que temos ou deixamos de ter. Ele não precisa de nenhum bem que tenhamos adquirido. Nada que temos será levado. Alguém já disse que caixão não tem gavetas. O que Deus leva em consideração é a nossa entrega para ele. Nosso amor por ele que deve ser maior que nosso amor por qualquer coisa. É a escolha correta.

O próprio Jesus no dá uma dica sobre a escolha a ser feita: “Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que julgasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele.
(   ) Quem crê nele não é julgado;
(   ) mas quem não crê, já está julgado;
porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus” (Jo 3:17,18).

Não há uma terceira via. São só dois caminhos.

Josué, muitos anos antes de Cristo, já tinha esta percepção quando colocou o povo de Israel diante de uma escolha ao chegarem à terra prometida: “Mas, se vos parece mal o servirdes ao Senhor, escolhei hoje a quem haveis de servir; se aos deuses a quem serviram vossos pais, que estavam além do Rio, ou aos deuses dos amorreus, em cuja terra habitais. Porém eu e a minha casa serviremos ao Senhor(Js 24:15).

Toda escolha tem uma consequência, creia nisso. E só é possível fazer escolhas enquanto vivo. Depois, já era.  João, ensinando aos seus discípulos sobre Jesus, lhes dá as duas alternativas possíveis:
(X) “Quem crê no Filho tem a vida eterna;
(  ) o que, porém, desobedece ao Filho não verá a vida, mas sobre ele permanece a ira de Deus” (Jo 3:36).

Eu já escolhi onde marcar meu ”X”, e só posso fazer isso por mim. Esta é uma questão individual. Nem dá para colar. Não haverá troca de gabaritos como acontece com os concursos públicos. Não haverá nenhum esquema. Então, se você está lendo isso, é um sinal de que está vivo. Resolva logo esta questão. Faça logo sua escolha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, pois é sempre bom saber o que você pensa.