Que bom que você veio!!


Que bom que você veio!!
Quero escrever textos que nos ajudem a entender um pouco mais daquilo que Deus tem para nós, para falarmos uma mesma linguagem. Não tenho o objetivo de ser profundo, nem teológico, nem filosófico, nada disso. Quero dizer coisas simples que pululam em minha mente, sempre atento para não contradizer em nada a minha fé, ou o que creio ser a vontade de Deus.
No mês de Agosto/12 há um texto que explica o significado e o porquê do nome Xibolete.

1 de mai de 2012

É viscoso, mas é gostoso.


Eu amo desenho animado!!!! E hoje estava assistindo “O Rei Leão” mais uma vez, e chamou-me a atenção o momento em que Pumba e Timão oferecem comida para o pequeno Simba que fugia da sua manada. Querendo ficar com ele, mas preocupados por que faziam parte da dieta alimentar do pequeno rei, oferecem algumas “deliciosas” iguarias como lesmas, formigas, e outros bichinhos encontrados em um tronco velho. Sua intenção era mudar os hábitos alimentares do temível rei da selva enquanto filhote para, mais tarde, não se tornarem prato principal. O pequeno Simba engole uma lesma e repete a frase de Pumba: “É viscoso, mas é gostoso”.

É mais ou menos assim a vida da gente. Em momentos de fome de aceitação, de aprovação, de fazer parte do grupo, engolimos algumas coisas que não nos agradam, ou nos fazem tomar atitudes contrárias a nossa normalidade. Sabemos que estamos fugindo do padrão que sonhamos para nós ou que nos ensinaram mas, para sermos politicamente corretos, engolimos e sorrimos.

O pecado também é gostoso, mesmo que viscoso. Quando tomamos uma atitude que sabemos não agradar a Deus, em principio aquilo parece meio viscoso, mas logo se torna gostoso e, se não tomarmos cuidado, se transforma em hábito. O prazer do pecado é quase sempre imediato e, quase sempre, muito gostoso. Se não fosse assim evitaríamos pecar com mais frequência. Quem é que, em sã consciência, faria uma coisa se soubesse que não traria prazer, mas sim dores ou sérias consequências imediatamente. Somos imediatistas e o galardão divino é futurista. Ainda que saibamos que hoje já podemos viver as delicias que ele nos promete, sempre nos lembramos de que sua maior promessa é para o futuro.

O Diabo nos oferece prazer imediato, ainda que aquilo vá nos consumir depois, mas o sabor dado naquele momento, mesmo viscoso, é muito gostoso. Por isso é muito melhor pecar, pois, como somos imediatistas, não vislumbramos as consequências futuras daquelas delicias gosmentas que nos são oferecidas e nos lambuzamos todo.

Quem se importa com futuro? Quando será o futuro?

No desenho animado, uma sequencia de cenas rápidas mostram  Simba se transformando em um imponente rei, mas seus hábitos já são diferentes. Ele convive tranquilamente com seus inferiores na cadeia alimentar.

Assim somos nós, uma “lesminha” aqui, uma “baratinha” ali, e nossas atitudes vão nos transformando em desgosto para Deus, nosso criador. Bem longe do seu projeto.

Paulo em sua carta aos Romanos adverte: “Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformai-vos pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus” (12:2 NVI)

Eu me importo com o futuro e, por mais que demore, prefiro esperar pelas delicias futuras que me são prometidas por Deus.

Vai uma lesminha ai?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, pois é sempre bom saber o que você pensa.